Principal destaque do final de semana, Serrinha dominou quatro de cinco treinos, largou na pole position e venceu a corrida 1. Já Zonta venceu a segunda prova após largar em 25 – Daniel Serra (Fernanda Freixosa/Vicar)

A temporada 2017 da Stock Car começou neste final de semana, com a disputa de uma rodada dupla no Autódromo de Goiânia. Após liderar quatro treinos, em cinco possíveis, Daniel Serra se destacou também na primeira corrida deste domingo, quando largou na pole position e confirmou seu favoritismo, marcando sua estreia pela equipe Eurofarma RC. Thiago Camilo em segundo e Max Wilson em terceiro completaram o pódio. A segunda prova do final de semana foi marcada pela recuperação de Ricardo Zonta. O paranaense largou na 25a posição e escalou o pelotão para conquistar sua primeira vitória pela Shell Racing, a segunda em sua carreira. Átila Abreu completou a dobradinha da equipe vermelha, seguido por Max Wilson, que novamente chegou em terceiro.

Corrida 1

Daniel Serra mostrou que não sofreu nenhum tipo de dificuldade em sua adaptação å nova equipe. O piloto da Eurofarma RC manteve a liderança na largada e logo abriu vantagem sobre Max Wilson, que perdeu a vice-liderança da corrida para Thiago Camilo na janela de pit stops após rápido trabalho da equipe Ipiranga Racing. O dono do carro #21 chegou a tentar ameaçar Daniel Serra, mas a performance do vencedor continuou constante até receber a bandeira quadriculada.

“Foi uma corrida muito disputada. O Thiago tentou se aproximar fez uma boa corrida. Gosto muito desse autódromo, tem uma estrutura sensacional, tanto na parte de segurança como para o público. Estou muito feliz em conquistar a primeira vitória aqui. Ainda tem muita coisa para acontecer, mas espero estar o ano inteiro na briga por vitórias”, comentou Daniel Serra.

A corrida também foi marcada por um acidente envolvendo oito pilotos logo na primeira volta. O carro de Marcos Gomes, da Cimed Racing, rodou na pista e provocou uma série de batidas que retirou Júlio Campos, Ricardo Zonta, Rubens Barrichello, Allam Khodair, Bia Figueiredo, Gabriel Casagrande e Antonio Pizzonia

Corrida 2

Na segunda rodada Ricardo Zonta largou na 25ª posição após abandonar a primeira prova devido a um acidente, suportou a pressão do companheiro de equipe, Átila Abreu, para vencer. Max Wilson repetiu a posição da primeira bateria e completou o pódio da prova.

O fato de não usar os botões de ultrapassagem e não desgastar os pneus na primeira bateria acabou contribuindo para Zonta garantir a vitória. “Impressionante o desempenho do carro. Já estava bom na classificação, acabei me envolvendo no acidente na primeira corrida e não desgastei os pneus e nem usei o botão de ultrapassagem. Foi difícil prever que eu poderia fazer várias ultrapassagens. O meu carro e do Átila estavam iguais, os dados volta a volta são bem parecidos. Isso prova que esse ano estaremos em condições de brigar pela ponta”, comentou Zonta.

Átila Abreu chegou a liderar a prova após Felipe Fraga, da Cimed Racing, rodar na pista, mas viu seu companheiro de equipe ultrapassá-lo logo após a parada para reabastecimento e troca de pneus. “Esse segundo lugar teve um sabor de vitória. Foi uma excelente corrida, melhor do que imaginávamos, porque é o começo de um trabalho com uma nova equipe. Estivemos sempre competitivos no fim de semana”, concluiu Átila Abreu.

A segunda etapa da temporada 2017 da Stock Car será realizada no dia 23 de abril, no autódromo Velopark, em Nova Santa Rita (RS). Confira o resultado das corridas.

Corrida 1

1) 29 Daniel Serra (Eurofarma RC)
2) 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 1s291
3) 65 Max Wilson (RCM Motorsport) – a 3s720
4) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 3s.915
5) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 17s779
6) 28 Galid Osman (Ipiranga Racing) – a 19s027
7) 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 23s370
8) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) – a 24s520
9) 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 25s893
10) 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) – a 27s847
11) 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 30s336
12) 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Motorsport) – a 31s551
13) 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Motorsport) – a 33s945
14) 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) – a 36s.01
15) 12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – a 36s315
16) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 36s709
17) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing ) – a 39s810
18) 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car) – a 41s.504
19) 44 Betinho Valério (Full Time Bassani) – a 47s210
20) 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) – a 52s.372
21) 31 Marcio Campos (Blau Motorsport) – a 1 volta
22) 5 Denis Navarro (Cimed Racing Team) – a 1 volta
23) 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 2 voltas
Não completaram 75% da prova
24) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports)
25) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing)
26) 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy)
27) 18 Allam Khodair (Full Time Sports)
28) 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing)
29) 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport)
30) 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing)

Corrida 2

1) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing)
2) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 2s968
3) 65 Max Wilson RCM Motorsport – a 5s252
4) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 7s799
5) 5 Denis Navarro (Cimed Racing Team) – a 11s042
6) 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 14s838
7) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 15s227
8) 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 18s953
9) 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 21s877
10) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) – a 23s497
11) 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 23s786
12) 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Motorsport) – a 24s828
13) 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 24s846
14) 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 25s886
15) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 26s388
16) 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 32s357
17) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 35s491
18) 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) a 35s736
19) 12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – a 44s578
20) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) a 1 volta.
21) 44 Betinho Valério (Full Time Bassani) – a 2 voltas.
22) 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) a 4 voltas
Não completaram 75% da prova
23) 28 Galid Osman (Ipiranga Racing)
24) 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car)
25) 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Motorsport)
26) 31 Marcio Campos (Blau Motorsport)
27) 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy)
28) 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport)
29) 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car)
30) 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport)

Classificação do campeonato:
1. Daniel Serra – 40 pontos
2. Max Wilson – 39
3. Átila Abreu – 37
4. Thiago Camilo – 33
5. Ricardo Maurício – 21
6. Cacá Bueno – 21
7. Ricardo Zonta – 20
8. Felipe Fraga – 18
9. Galid Osman – 17
10. Rubens Barrichello – 14
11. Cesar Ramos – 12
12. Diego Nunes – 12
13. Rafael Suzuki – 12
14. Denis Navarro – 12
15. Tuka Rocha – 11
16. Felipe Lapenna – 9
17. Allam Khodair – 8
18. Guilherme Salas – 7
19. Lucas Foresti – 6
20. Vitor Genz – 6
21. Marcos Gomes – 4
22. Sergio Jimenez – 3
23. Antonio Pizzonia – 3
24. Betinho Valério – 2
25. Guga Lima – 1
26. Marcio Campos – 0
27. Valdeno Brito – 0
28. Bia Figueiredo – 0
29. Gabriel Casagrande – 0
30. Julio Campos – 0

VICAR PROMOÇÕES DESPORTIVAS